Vitamina C é um antioxidante para cavalos atletas

O papel dos antioxidantes é proteger as células sadias do organismo contra a ação oxidante dos radicais livres

Cavalos de práticas esportivas, principalmente os submetidos à exercícios intensos e de resistência, ficam mais vulneráveis ao estresse oxidativo. Dessa forma, há desequilíbrio entre o sistema oxidante e o antioxidante. Aparecem lesões musculares devido à injúria oxidativa às células musculares. Como resultado, há queda de desempenho dos animais.

Então, como a vitamina C auxilia cavalos de esporte? A vitamina C é um poderoso antioxidante. Protege o animal de danos oxidativos causados pelos radicais livres no organismo. Em especial animais de esporte como os cavalos. Sua função no organismo é regularizar a síntese óssea. Visto que estimula a formação de matriz proteica e da síntese de colágeno.

Tem função ainda na utilização de ácido fólico, vitamina B12 e outras vitaminas do complexo B, do colesterol, glicose. Além disso, a Vitamina C potencializa a absorção de ferro. Está ligada também a vitamina A, já que uma deficiência de vitamina A pode levar à de vitamina C. Assim, a vitamina C, ou ácido ascórbico, faz parte do grupo das vitaminas hidrossolúveis. Ou seja, que se dissolve em água e são metabolizadas rapidamente.

Desse modo, são excretadas e não ficam armazenadas no organismo. Por isso deve ser consumida diariamente. Por outro lado, uma alimentação inadequada gera carência dessa vitamina. Como no caso de animais de competição intensa ou em dieta pobre em energia dietética que não disponibiliza glicose suficiente para a sua  síntese em quantidades adequadas.

A deficiência de Vitamina C gera ainda queda de imunidade e falhas reprodutivas. De tal forma que ainda leva ao retardamento na cicatrização, ossos  quebradiços, artrite. E prejudica a formação óssea e a dentição.


O papel dos antioxidantes é proteger as células sadias do organismo dos cavalos contra a ação oxidante dos radicais livres

Benefícios da suplementação dos cavalos com vitamina C

  • Trabalha como potencializador da imunidade
  • Potencializa a formação da matriz óssea e de dentina dentária
  • Minimiza as lesões oxidativas
  • Auxilia as vitaminas do complexo B

Estudos demonstraram a importância da suplementação com a vitamina C em processos pós-operatórios, infecciosos, traumáticos. Assim como em processos obstrutivos respiratórios e para cavalos após exercícios ou submetidos à alta carga de atividade física. Todos os momentos onde os níveis séricos da vitamina se encontra em valores inferiores ao habitual e em cavalos atletas para reduzir os riscos de estresse oxidativo e promover saúde.

Além disso, é importante para animais idosos, submetidos à situações de estresse e em crescimento. Os equinos de alta performance requerem um aporte vitamínico suplementar, pois sofrem de estresse oxidativo em exercícios intensos e de resistência o que danificaria diferentes células.

Fonte: Tamires Lima, medicina veterinária e membro da equipe técnica e de relacionamento com os clientes da Univittá Saúde Animal
Crédito das fotos: Divulgação/Pexels