Um cavalo na força espacial dos EUA

Ghost entrou no programa Cavalo de Trabalho Militar da Conservação, programa herdado pela Força Espacial da Força Aérea dos EUA.
 
A Força Espacial twittou que Ghost se juntou ao estábulo de quatro Cavalos de Trabalho Militar na Base da Força Aérea de Vandenberg, que é uma terra de 40.306 hectares na costa da Califórnia. Um ótimo lugar para que um cavalo possa fazer seu trabalho à vontade.
 
Contudo, Ghost não irá para o espaço, já que cavalos não são são bons com computadores, e seria complicado fazer uma roupa espacial para um cavalo.
 
Segundo o sargento Michael Terrazas, gerente do Programa de Cavalos de Trabalho Militar e um dos cuidadores de Ghost, ele trabalhará para proteger as vastas colinas e praias de Vandenburg, cuidando das espécies ameaçadas presentes no local.
 
De acordo com terrazas, “Nós aplicamos leis sobre peixes e caça, e os cavalos nos ajudam a seguir o caminho batido para concluir nossa missão”.
 
Existem mais de 15 espécies ameaçadas em Vandenburg, e, ao patrulhar cada canto do local, Ghost está às protegendo. 
 
Ghost, assim como um astronauta, passará por um duro treinamento para fazer o seu trabalho. Ele está com um personal trainer especial que está viajando com ele três vezes na semana.
Cavalo é membro da força espacial
 
Conservação ambiental é a chave
Mesmo que ajudar a conservar áreas em nosso planeta não seja tão legal quanto ir para o espaço, preservar o meio ambiente é algo essencial para se fazer.
 
Não conhecemos ainda nenhum planeta habitável no espaço podermos nos mudar para lá, e nem temos tecnologia o bastante para fazer longas viagens espaciais.
 
https://twitter.com/i/status/1286283553265909760
 
Então, tudo o que podemos fazer é cuidar do nosso lar, o nosso planeta, pelo nosso próprio bem e de todos que amamos. Somente desse modo haverá uma chance de garantir um bom futuro para a humanidade.
 
Essas atitudes, à primeira vista, podem não parecer nada heróicas, contudo, é por meio delas que é possível que coisas incríveis aconteçam.
 
Mas isso acontece quando todos nós nos esforçamos para fazer a diferença. É quando pequenas ações formam uma corrente de conscientização.
 
https://socientifica.com.br/um-cavalo-agora-e-membro-da-forca-espacial-dos-eua/