Veja como foi o 5º Congresso Nacional de Profissionais de Vaquejada em Fortaleza (CE)

Foi dada a largada! O 5º Congresso Nacional de Profissionais de Vaquejada Padrão ABVAQ foi aberto nesta terça-feira, 08 de janeiro, no Hotel Recanto Wirapuru em Fortaleza-CE. Em seu primeiro encontro, que será seguido por mais quatro edições, compareceram 130 profissionais de vaquejada e promotores de provas vindos do Ceará e estados vizinhos. O 5º Congresso ABVAQ, tem como objetivo aprimorar a mão de obra dos profissionais envolvidos na realização das provas da Vaquejada Legal, bem como, os informar sobre a legislação vigente a respeito da nova conjuntura deste esporte, com destaque para as boas práticas de bem-estar animal.

Pela manhã foram apresentados os próximos passos para 2019, que virão trazendo muitas novidades, incluindo a criação do Ranking Nacional ABVAQ, Criação do Prêmio de Inovação, Criação do Conselho Administrativo, informativos dinâmicos e a Suspensão do 3º Recurso. A ideia é continuar focado na defesa do esporte, acompanhando toda movimentação jurídica e as leis complementares à PEC, já aprovada e as preparações para a eleição da nova diretoria no próximo mês de junho.

O Dr. Célio Garcia Pires, representando o CMRV-CE, ressaltou a importância do responsável técnico nas provas de Vaquejada, acrescentando que na pista ele é a autoridade com poder de orientar, julgar ou desclassificar quando necessário. Ele também destacou que o Conselho de Veterinária do Ceará e de outros estados não têm medido esforços para formar esses profissionais (Juízes de Bem-estar animal).

Leonardo Dias, diretor Jurídico da ABVAQ, reforçou a importância do acompanhamento jurídico para avançar ainda mais com as conquistas em se tratando da manutenção na regulamentação total da Vaquejada. Em sua fala ele disse que todo o quadro jurídico da ABVAQ se mantém vigilante e atuante na orientação da criação de leis em favor do esporte.

Já o Professor Hélio Manso, membro do CRMV, falou do que existe de mais atual em se tratando de bem-estar animal, com instruções internacionais e forma de avaliação deste bem-estar em relação aos participantes de provas equestres (cavalos, bois). Avaliou como positivo os trabalhos realizados no ano passado e foi enfático ao afirmar que a ABVAQ está no caminho certo e avançando sempre, neste quesito.

O curso de bem-estar animal, ministrado pelo professor Hélio Manso, foi formado por médicos veterinários, zootecnistas e estagiários. Eles conheceram novas técnicas e avaliaram o avanço na conscientização dos vaqueiros e dos donos de Parques. Foi um curso preparatório de grande importância para a contribuição nos próximos passos da Associação e do esporte Vaquejada.

Marcos Lima, presidente da ABVAQ, avaliou como positivo esse primeiro encontro e acrescentou: ”foi mais uma oportunidade para avaliar o que aconteceu no ano passado, atualizar os profissionais de Vaquejada, tirar dúvidas e doutrinar cada um, sempre com foco no bem-estar animal. A grande novidade foi o lançamento do Ranking Nacional ABVAQ, que já começa a valer a partir desta semana na Vaquejada de Jataúba-PE. É um Ranking específico para pontuar os competidores. Sessenta mil reais de premiação já estão garantidos para a premiação do final do ano. Esperamos chancelar cerca de 400 vaquejadas em 2019, sempre buscando cada vez mais a profissionalização do nosso esporte. O Congresso segue com edições em mais quatro estados. Fica aqui o nosso convite para que todos compareçam e façam bom proveito, ” declarou Marquinhos.

As edições continuarão em: Teresina-PI em 15 de janeiro; Campina Grande-PB no dia 22 de janeiro; Vitória da Conquista-BA em 29 de janeiro e Lagarto-SE no dia 26 de março. Vários assuntos de extrema relevância para o desenvolvimento do esporte serão apresentados e debatidos.