Sábado, 10 de agosto, foi dia de recordes na pista do Jockey Club de Sorocaba (SP)

Chegada recordista de Baby Fantastic, o vencedor do GP São Paulo – I Tríplice Coroa 
 
Sábado, 10 de agosto, foi dia de recordes na pista do Jockey Club de Sorocaba. No sétimo e último páreo da tarde acontecia a final do GP São Paulo – I Tríplice Coroa. Eram cinco machos e duas fêmeas de 3 anos disputando a vitória nos 301 metros do Grande Prêmio com bolsa de R$ 100 mil; R$ 50 mil ao primeiro colocado.
 
A marca a ser superada, até então, era a de Yankee Verde (16s174), conquistada em abril deste ano, até que, com ½ corpo de vantagem do segundo colocado, Baby Fantastic cruzou a linha de chegada emplacando o tempo recorde da pista, 16s119. Esse potro zaino é filho de Fantastic Corona Jr e Hustled (Feature Mr Jess), propriedade do Condomínio Fantastic Corona Jr e da criação de Érica Braga. Foi montado pelo jóquei E.B. Melo e treinado por L. Levir.
 
Provença Jess MRL superou a marca de Solamé da Shalakô nos 201 metros das classificatórias do GP Taça de Bronze
 
Em segundo lugar, com tempo de 16s206, veio Brasilia Toll (Granite Lake x Summer Toll (Tolltac), fêmea alazã tostada, de propriedade de Nana Perotto e da criação do Haras Sta. Maria e Ana Dantas Ranch.
 
No sábado também foram realizados os quatro páreos classificatórios do GP Taça de Bronze, nos 201 metros, e a fêmea alazã de 3 anos, Provença Jess MRL, da criação e propriedade do Haras Portofino, quebrou mais um recorde de pista, marcando 11s623, superando os 11s628 de Solamé da Shalakô, obtido em setembro de 2018. Provença Jess MRL venceu o 4º páreo classificatório sendo conduzida por A. Santana e com treinamento de J. Bezerra. Ela é filha de Gold Medal Jess e Corona Facil (Corona Cartel).
 
Os primeiros colocados dos demais páreos foram: no 3º páreo, França Jess MRL (Gold Medal Jess x Hempen Chick - Chicks Beduino), propriedade do Haras Mantovani e criação do Haras Portofino, com tempo de 11s743; no 5º páreo, Espanha Fly MRL (Granite Lake x Fell My Fly - Signed To Fly), propriedade do Stud América do Sul e criação do Haras Portofino, com 11s826; e no 6º páreo, Antracita HLA (Separatist x Madalin Dash VM - Apollo VM), de propriedade e criação do Haras Luis Alves, com 11s743.