Ranch Sorting e Team Penning vêm despertando interesse entre os crioulistas

A lida diária de aparte do rebanho demanda agilidade e concentração. O ginete, em sintonia com o cavalo, realiza os movimentos enquanto canta interjeições para afastar o gado. Realizar este trabalho com tempo cronometrado comprova a presteza do Cavalo Crioulo ao mesmo tempo que diverte aquele que assiste. Assim, as provas de Ranch Sorting e Team Penning vêm despertando interesse entre os amantes da Raça. O primeiro evento do ano realizado pela Liga Leste Paulista de Team Penning registrou aumento de 20% entre os inscritos na raça com relação ao último ano - dado que alegra a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos.
 
Realizadas entre os dias 01 e 02 de fevereiro, 112 cavalos Crioulos participaram das provas de Ranch Sorting e Team Penning do evento na região 8. Entre as categorias oficiais, uma destinada somente ao Cavalo Crioulo, segmentada por Aberta, Amador e Feminino. O destaque da raça no evento foi para o trio de machos Feitiço Bertolini, Capanegra Safari e TCP El Temprangro, que registraram o melhor tempo entre os competidores. “Os competidores estão vindo cada vez mais atrás dos animais da raça para criar sua tropa. São animais dóceis, de grande habilidade e potencial”, diz o presidente da Liga, Paulo Morais, justificando o sucesso da modalidade na região.
 
Região de fomento
Criador de cavalos Crioulos há 10 anos, Thomas Eysink reside em Holambra, interior de São Paulo, e participa das provas oficiais da raça há cinco - desde quando a ABCCC virou parceira da Liga Leste Paulista de Team Penning. Desde então, ele observa grande crescimento por adeptos à raça na região. “Chamamos de ‘cavalo para o boi, um cavalo de função’. Aqui a procura é realmente para participar das provas de Team Penning e Ranch Sorting”, acredita. Eysink participou primeira etapa do evento da Liga e conquistou a segunda colocação da categoria Amador da raça.
 
Por outra perspectiva, o Presidente da Liga também conhece casos inversos. “Temos competidores que criam animais para a lida e que trazem os mesmo para as provas oficiais e também para as provas não oficiais da Liga. Sempre temos crioulos ganhando durante o ano inteiro”, conta. Responsável pelo fomento da raça na região 8, o Analista de Expansão e Gerente de Provas Funcionais e Exposições Morfológicas, Gerson de Medeiros, acredita que a facilidade em se movimentar em pequenos espaços e a fácil aprendizagem do animal são fatores que contribuem para a procura dos criadores.
 
O campeonato
O Campeonato anual da Liga Leste Paulista de Team Penning possui sete etapas para as provas de Team Penning e Ranch Sorting. Três dessas, destinadas somente a animais registrados, onde em 2020 os finalistas concorrem a 12 motos. Outras quatro etapas são interr-raças, incluindo apenas Team Penning, onde um carro zero quilômetro é a premiação.