Raça Crioula estará presente em nova novela da TV Globo

De “Além do Tempo” para “Novo Mundo”, o Cavalo Crioulo Cinchador Sombrero participará de uma trama Global pelo segundo ano consecutivo. Enquanto as gravações acontecem em solo carioca, a emissora já anuncia para todo o Brasil: estreia, em março, a nova novela protagonizada pelo ator Caio Castro - cujo grande companheiro será o filho de Campana Naco e Cinchador Opereta.
 
Há três anos nos campos da Cabanha Don Diló, em Cachoeiras de Macacu/RJ, o exemplar do criador André Luís Vaz Machado irá integrar um cenário que remete ao século XIX, entre os anos de 1817 e 1822. O holofote é o horário das 18h, ou “a hora da novela das seis”, como é popularmente conhecido. No ano passado, o animal atuou ao lado de Rafael Cardoso, que vivia o personagem Conde Felipe, em “Além do Tempo”.
 
Uma oportunidade e tanto para mostrar as características da raça. O elenco necessitava de um cavalo manso, que se adaptasse ao dia a dia das gravações cujas luzes e barulhos são fatores recorrentes. Além disso, a direção procurava por um animal com trote e encontrou em Cinchador Sombrero a oportunidade de obter esses pré-requisitos, visto que o animal já era conhecido por participar da novela anterior. Assim, começou a jornada de treinamento. De acordo com seu proprietário, André, o ator Caio Castro teve uma semana de aula para ele criar uma sintonia com o animal e, enfim, entrar em cena.
 
“O cavalo tem que ser dócil, se adaptar ao cenário e ser submisso. É essa diversidade da raça Crioula que encanta”, descreveu o dono ao salientar que, dentre todos os pontos fortes dos Crioulos, a morfologia é o que mais chama a atenção de quem os vê de fora. Além disso, o tratamento direcionado ao animal também gera apreço.
 
Um campeão
André adquiriu Cinchador Sombrero para competir. No entanto, o cavalo mostrou que, além de atleta, é também multipotencial. Ao longo de três anos, ele soma mais de dez primeiros lugares no Team Penning, conquistou o pódio no Ranch Sorting, e foi coringa duas vezes na Credenciadora do Rio de Janeiro.
 
 
 
Redator: Marina Bonati/ABCCC