Provas equestres com gado estão liberadas em Brasília após decisão do TJDF

 
O dia 31 de julho de 2019 ficará marcado para todos os praticantes de provas equestres, entre eles a comunidade crioulista: nessa data, a ação que existia e que impossibilitava a realização de provas com gado em Brasília/DF (como as provas do Freio de Ouro) foi derrubada, após decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT). 
 
A interrupção das provas equestres com gado em Brasília iniciou no ano de 2017. Já em outubro de 2018, uma decisão ainda precária permitiu a realização de uma Credenciadora Mista organizada pela Associação de Criadores de Cavalos Crioulos do Distrito Federal (ACCCDF). Com a derrubada em definitivo da ação, contudo, Brasília pode voltar a receber provas equestres com gado. 
 
A vitória foi celebrada pelo atual presidente da ACCCDF, Floriano Dutra Neto. “Essa é uma atuação conjunta de várias entidades aqui [de Brasília]. A ABCCC sempre nos apoiou, tanto o ex-presidente Eduardo Suñe, como o presidente atual Francisco Fleck, que sempre nos deram todo o respaldo. Os próprios advogados da ABCCC sempre estiveram em contato comigo, que fiquei conduzindo e cuidando esse processo aqui no Distrito Federal”, contou.
 
Apesar de ainda caber recurso à decisão, através do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Floriano tranquiliza. “Pelos argumentos utilizados na decisão, muito difícil qualquer tipo de recurso ser acatado pelo tribunal superior. [...] Então agora a gente está totalmente liberado para fazer prova no ano de 2020, sem mais aquela precariedade anterior e sem nenhum risco de estar, no futuro, sofrendo alguma sanção ou penalidade”, finalizou.