Mucho Fon vence mais uma e R.Arias comemora em família o seu retorno às pistas

 

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Rogerio e Luciano Arias comemoram a vitoria de Real da Serra
 

eis páreos foram realizados na distância de 700m em tiro reto e, já na segunda prova do dia, o recorde foi alcançado pelo animal American Bull, que assinalou 40s e 2/10. O alazão de 3 anos, filho de Benny The Bull e Roupa Velha por First American, foi criado pelo Haras Guamiranga e pertence a Ricardo Correa e Luciano Fortes. Mais uma vitória para H.P.Machado e a única da reunião para o jóquei L.Souza.

No quarto páreo da programação tivemos a vitória da égua Real da Serra, que foi pilotada por R.Arias. Rogério, que havia ficado seis anos longe das pistas, ficou muito emocionado com sua primeira vitória na nova trajetória, principalmente por ter sido mais um triunfo para o treinador Luciano Arias, seu irmão.

Alegria para uns e tristeza para outros... C.Farias, tricampeão da estatística gaúcha, ficou desolado no hipódromo. Ele que já estava de malas prontas para o Rio de Janeiro, precisou adiar seus planos depois da resolução emitida pela Comissão de Corridas da Gávea, proibindo a concessão de matrículas até o fim de outubro. Claudinei não havia assinado montarias na semana, mas teve a oportunidade de substituir outro profissional no último páreo, conquistando a vitória.

O destaque entre os jóqueis ficou para Marcelo Bruno Souza, que passou na frente com Mestre Haragano, Mais Bela Negra e Mucho Fon. As três conquistas da sabatina, firmaram o piloto na liderança da estatística, agora com oito vitórias. Outros seis pilotos também comemoraram: A.Rodrigues, C.Farias, C.Macedo, E.S.Teixeira, L.Souza e R.Arias.

Na liderança da estatística de treinadores, Luciano Arias venceu com Mais Bela Negra e Real da Serra, chegando a seis triunfos na nova temporada. H.P.Machado e A.S.Garcia, brilharam na reunião, também com dois êxitos cada. L.E.Ferraz, C.A.Moura e F.Souza, foram uma vez a foto da vitória.

FONTE: Maria Teresa Morgado / RaiaLeve