João Victor Oliva consegue 2º índice para os Jogos Equestres Mundiais nos EUA

De volta às pistas do circuito europeu de Adestramento nessa temporada, João Victor Marcari Oliva vem se consolidando como o melhor atleta brasileiro da modalidade. Depois dos Jogos do Rio 2016 – onde foi o melhor resultado da equipe – o cavaleiro paulista, que também é atleta militar, participou de uma etapa seletiva da Copa do Mundo de Adestramento e um CDI5*, ambos na Alemanha, obtendo importante avaliação de um júri formado por juízes cinco e quatro estrelas.

 

João Victor Marcari Oliva com Xamã dos Pinhais; Foto: Rui Pedro Godinho/Divulgação Coudelaria Ilha Verde

No CDI-W de Neumünster (18/02), válido como etapa seletiva da Copa do Mundo de Adestramento, alcançou 67.420% e no CDI5* em Dortmund, 68,720%, sempre com seu Xamã dos Pinhais. A competição reuniu tops mundiais da modalidade de nove países. O resultado foi válido como segundo índice do conjunto em busca de vaga no time Brasil para os Jogos Equestres Mundiais de 2018, nos Estados Unidos.

João Victor foi o único representante do Brasil nas competições. “Quero melhorar a cada novo desafio e para isso tenho me dedicado diariamente a um treinamento planejado com meu treinador Norbert van Laak. Tem muit o trabalho pela frente para alcançar meu objetivo: o de ser um atleta de excelência e referência da minha modalidade”, diz o jovem talento filho de Hortência Marcari, ícone do basquete, e do empresário Victor Oliva.

João Victor Marcari Oliva, que vive na Alemanha desde 2014, começou a competir no Adestramento com 12 anos e desde a estreia coleciona títulos. É pentacampeão brasileiro (Amador em 2008, Mirim em 2009, Junior em 2010 e 2011, Young Riders em 2012); atual Campeão Sul-americano (individual e por equipe); medalha de bronze por equipe no Pan de Toronto 2015 e melhor atleta da equipe brasileira nas Olimpíadas do Rio 2016 e nos Jogos Equestres Mundiais da Normandia, na França, em 2014.

Seu desempenho foi reconhecido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) que conferiu ao atleta o Prêmio Brasil Olímpico em três edições (2016, 2015 e 2014), além de ter sido indicado em 2013 e 2012.

João Victor Oliva e Xamã dos Pinhais retornam à pista do CDI5* de Dortmund nesse sábado (4/3) às 21h00 (17h00 no Brasil) para o Grand Prix Freestyle, prova com coreografia livre e música.

Fonte: Brasil Hipismo / Rute Araújo