F5 Licurgo Tapajós é destaque no site da (FEI) Federação Equestre Internacional

A atuação do Crioulo F5 Licurgo Tapajós na modalidade de Rédeas Individual dos Jogos Equestres Mundiais levantou a torcida e ganhou destaque entre os jurados, garantindo o 11° lugar no ranking final. O site da Federação Equestre Internacional (FEI) publicou uma reportagem no sábado, antes da final, apontando o Crioulo como uma “montaria rara”. 
 
"Conheça F5 Licurgo Tapajós, o único Crioulo disputando Rédeas nos Jogos Equestres Mundiais.", destacou a FEI.
 
A publicação apresentou a raça Crioula para o público americano, com ênfase para sua história na América do Sul, além de sua vitalidade e resistência como fatores cruciais para o ótimo desempenho nas provas de Rédeas. Familiarizados com o cavalo Quarto de Milha, os Norte-Americanos começam a visualizar na raça Crioula um comportamento vencedor, que pouco a pouco ganha mais notoriedade nas competições internacionais. 
 
Para a federação, “Dos 82 cavalos que competem em Rédeas nos Jogos Equestres Mundiais da FEI, 72 são cavalos do quartel americano e apenas um é um Crioulo. […] O célebre quarto de milha há muito brilhou em arenas nos EUA [...] Mas o Crioulo oferece algo um pouco diferente.”.  
 
A reportagem também entrevistou o cavaleiro Roberto Jou, que se mostrou emocionado em representar o cavalo Crioulo. “Há muitas pessoas trabalhando para colocar os Crioulos em competições de Rédeas, estou apenas dando continuidade a um ótimo trabalho que todo mundo está fazendo no sul do Brasil para mostrá-los", disse Jou. 
 
Chamado de “O Rei Crioulo”, Licurgo fez história no Mundial, garantindo o melhor resultado para um representante da raça Crioula no Mundial.