Doma de Ouro premia os melhores domadores de Cavalos Crioulos de 2017.

Esteio/RS foi palco da Final Nacional da Doma de Ouro entre os dias 21 e 23 de julho. Com a prova de Redomão, que consiste em avaliar a Doma de 21 dias dos animais, e a de 1 Ano de Freio, que testa os animais após um ano do Redomão realizado no ano passado, foram conhecidos os melhores domadores de Cavalos Crioulos de 2017.
 
Contando com o júri dos ginetes vencedores do Freio de Ouro 2016, Antonieto Rosa e José Fonseca Macedo, a Prova de 21 Dias levou o domador César Lopes, montando Linda Moça do Macanudo, ao pódio na competição. Já na disputa de Um Ano de Freio, foi Ricardo Peres, com Rica Flor da Morada Nova, quem ganhou destaque.
 
Honrado também pelo título de Melhor Domador do Ano, Ricardo Peres conta que a vitória foi ainda mais especial por ter sido um ano difícil para a égua. Ela ficou seis meses se recuperando de uma lesão sem que fosse possível trabalhar nela. Então, o treinamento foi de apenas 50 dias em um trabalho de campo.
 
"A Linda Flor sempre correspondeu ao que eu precisava. Até imaginei que a gente ia bem, mas não tanto. Estou muito agradecido!”, exaltou o domador que receberá uma homenagem também na Expointer 2017.
 
Foram entregues aos domadores 20 mil reais, divididos entre os cinco colocados de cada categoria. Para a competição do próximo ano, a premiação será dobrada.
 
 
Confira o resultado (ainda não homologado pela ABCCC):
 
DOMA DE 21 DIAS
 
1º lugar
Cesar Lopes, com Linda Moça do Macanudo
2º lugar
Aluízio Peres, com Xaiene Ico
3º lugar
Guinter de Quadros, com Itapitocai Epopeia 460
4º lugarJardel Vargas, com Lenda do Macanudo - TE
 
5º lugar
Alex Gonçalves, com Geada do Madrugador
 
UM ANO DE FREIO
 
1º lugar e Domador do ano
Ricardo Perez, com Rica Flor da Morada Nova
2º lugar
Alan Machado Rosa, com Talha de Santa Thereza
3º lugar
Felipe Müller, com RF Xerga
4º lugar
Felipe Santos, com Sia Dona de Santa Thereza
5º lugar
Marcio Pereira, com Energia do Canto do Mato Grande
 
 
 
Redator: Marina Bonati/ABCCC