Crioulaço e Laço Criador definem seus campeões em Esteio (RS)

x
Mais de 600 inscrições em 16 categorias, 6596 armadas lançadas, R$ 80 mil em prêmios e mais de 40 horas de prova disputadas em pista: esse é o saldo destes três dias - 26, 27 e 28 de abril - na Final Nacional do Crioulaço 2019, realizada no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS. Números que confirmam o sucesso do evento e evidenciam o potencial de crescimento dessa que é a modalidade responsável por movimentar o maior número de competidores na raça Crioula.
 
Na principal categoria entre as duplas oficiais (Crioulaço Força A), que distribuiu um total de R$ 25 mil entre os cinco melhores, o título oficialmente ficou com Giliard Tamara e Jonatan Costa. Junto dos segundos colocados - Gilson Santos e Tiago Soares - foram os laçadores com o maior número de armadas certeiras, e decidiram encerrar a disputa em comum acordo. Na edição 2018, os dois vencedores também figuraram no pódio, em situação semelhante de divisão de premiação.
 
Na Força B, onde os 30 primeiros receberam uma premiação que somou o total de R$ 11,5 mil, a vitória ficou na mão dos companheiros de pista Maike Melo e Marlon Rodrigues. Enquanto no Crioulaço Força C, no qual o topo do pódio terminou com a dupla Patrick Fontan e Luis Carlos Scherern, foi registrado o maior número de inscrições, com 140 duplas inicialmente concorrendo.
 
Criadores chegam ao pódio em duas forças
 
Na disputa onde os laçadores montam animais de sua própria criação, as duas forças representaram bem a competitividade e o espírito de parceria da modalidade. Na Força A, após de uma série de armadas certeiras, a verdade é que também não tivemos apenas um campeão. Depois da conversa e do acordo no fundo da pista entre os dois competidores que seguiam empatados sem errar o tiro, o ponto alto do pódio ficou com o catarinense Antonio Augusto Rossi Vieira (Guto Vieira, como é conhecido, da Cabanha Estância do Caverá), que inclusive chega pelo terceiro ano consecutivo entre os dois últimos laçadores na decisão. Na segunda colocação, mas dividindo o status de vencedor, Fernando Henrique Di Domenico, também do estado de Santa Catarina, da Cabanha Sucuri, volta para a casa com história para contar.
 
Já na Força B, o sistema de “mata-mata” foi deixando competidores pelo caminho e, ao fim da prova, apenas um laçador acumulou o maior número de armadas. Isolado na pontuação de laçadas, Maicon Pinheiro sagrou-se como campeão montando exemplar da Fazenda do Cerro, de Cacequi/RS.
 
Missão cumprida
 
Com números acima das edições anteriores - registrando pelo menos 327 duplas e 242 conjuntos no total - e com a satisfação aparente de quem esteve presente em Esteio, o objetivo da subcomissão de Crioulaço foi cumprido com êxito em mais uma temporada. Os motivos deste sucesso? O coordenador da modalidade, Marcelo da Cruz Corrêa, aponta as características que fazem do laço um esporte agregador e expansionista como as principais responsáveis por esse resultado.
 
“Primeiro, a nossa modalidade é a que mais cresce no Brasil, em termos de esporte à cavalo, que é o laço comprido. Segundo, é a paixão do gaúcho que atravessou fronteiras: o Cavalo Crioulo. E a união das famílias, porque o cavalo traz muita família. E o laço comprido, junto com o cavalo Crioulo, une tudo isso e enche um parque que nem o parque do Freio de Ouro”, avalia o coordenador, que fez questão de salientar que nada disso seria possível sem o apoio dos colaboradores da equipe da Associação e das duas gestões da diretoria da ABCCC, tanto a atual quanto a anterior, que deram todo o incentivo necessário ao Crioulaço, segundo ele.
 
Confira o resultado (ainda não homologado pela ABCCC):
 
 
Laço Criador Força B
 
1º lugar: Maicon Pinheiro montando Aconchego da Rapa
 
 
2º lugar: Tiago Schneider montando Melindrosa do Mano
 
3º lugar: Martin Menezes Borges montando KB Canastra
 
4º lugar: Claudio dos Santos montando Gota D’Água da Don Ramiro
 
5º lugar: Tiago Schneider montando Menina do Mano
 
6º lugar: Ismael Contini montando Água Buena do Mate Verde
 
7º lugar: Rafael Stenzel montando Chimarrita da Ventana
 
8º lugar: Henrique Defaveri Abdalla montando Cobiçada do Capão
 
9º lugar: Manuel Crossetti montando Quitanda da Guassupi
 
10º lugar: Tiberio Almeida montando Estradeiro Marca da Espora
 
Laço Criador Força A
 
1º lugar: Antonio Augusto Rossi Vieira montando Galponeira da Estância do Caverá
 
2º lugar: Fernando Henrique Di Domenico montando Chimarrita da Sucuri
 
3º lugar: Mauricio Ribeiro montando Maria Bonita da República Crioula
 
4º lugar: Alan Coutinho montando Duquesa 210 de Santo Isidoro
 
5º lugar: Juliano Souza montando Igualita Boiadeiro
 
6º lugar: Rogerio Luis Bohrer montando AB Mancha Rara
 
7º lugar: Amauri Casaril montando AMC Fandango da Noite
 
8º lugar: Vinicius Porto montando Boneco da Maria Castelhana
 
9º lugar: Taiwan Silva montando Nova Guaíba Aprendiz
 
10º lugar: Renata Martins montando RSM Destemida
 
Crioulaço Força C
 
1º lugar: Patrick Fontana montando Ancora 527 Maufer e Luis Carlos Scherern montando Brunye do Baquara
 
2º lugar: Fabio Rosa montando Algarraza das Quatro Estações e Janderson Rosa Guaican Destacada
 
3º lugar: Sergio Toller montando Brilhante Desafio da Moema e Mateus Toller montando Donzela da Moema
 
4º lugar: João Pedro Francisco Silva montando Tranqueira Invicta Divisa e André Luis Baierle Aguiar montando MZ Jesuíta do Posto
 
5º lugar: Marco Antonio Batista montando J Gemada e Wagner Cunha montando Avareta da Mostarda
 
6º lugar: Edson Casburguer montando Gandaia do Elebê e Henrique Casburguer montando Paloma do Kavaju Pora
 
7º lugar: Braytner Santos (Marcelinho Santos) montando Carrascal Labareda e Junior Lopes montando SH Hileia
 
8º lugar: Marcos Nunes montando Espora de Prata dos Castanheiros e Fernando Fagundes montando Disparada da Santa Izidoro
 
9º lugar: Rafael Machado montando Las Callanas Milonga de Campo-TE e Rodrigo Cauduro montando Geada Terrunho
 
10º lugar: Daniel Bastos montando Légua do Tamanduá e Gustavo Henrique Daudt montando Boa do Campo Seco
 
11º lugar: Marcos Nunes montando Belle Carmenere e Fernando Fagundes montando Perpeta Brahma Extra
 
12º lugar: Alamir Branco montando India do Jacaré e Luis Guilherme montando Estrela do Capão Leão
 
13º lugar: Flávio Vrielink montando Badana do Pontão dos Borges e Fabiano Vrielink montando Idolatrada 1548 Maufer
 
14º lugar: Diego de Freitas montando Missioneira do Kaiman e Daniel Correa montando Toropy do Infinito
 
15º lugar: Favorino Collares montando Rabeco da Bézinha e Oscar Collares montando Retinta da São Leonardo
 
16º lugar: Eduardo Cassel Schneider montando Vertente da Nova Trilha e João Eduardo Deantoni montando Resteva Guitarra
 
17º lugar: Halax Silveira montando Bella Dona da CS Miguel e Luciano Fidelles montando Viagem 98 da Luizinha
 
18º lugar: Eduardo Piffer montando Vencedora 412 Maufer e Fernando Henrique Dieter montando Erva Boa do Laço Crioulo
 
19º lugar: Valmor Contini montando Flor de Maçanilha do Mate Verde e Ismael Contini montando Água Buena do Mate Verde
 
20º lugar: Diego Adams montando Las Tinideras Chakana e Julio Silva Descoberta do Redomão
 
21º lugar: João Batista Oliveira montando PO Ultramar e Diego Biramar Viera Martins montando Roseta da Figueira
 
22º lugar: João Batista Machado montando Vanera da Cevadura e João Pedro Machado montando Descarada da Cevadura
 
23º lugar: Márcio Gonçalves Ferreira montando Morena da Acácia Negra e Márcio da Silva Ramos montando Buenaço do Itaponã
 
24º lugar: Gustavo Freitas montando Lança de Prata do Jacaré e Alexandre Marchese montando Hulha 104 do Cerro Velho
 
25º lugar: Igor Santos montando Balaqueiro do Rincão Machado e João Tarciano montando Xavante do Rincão do Machado
 
26º lugar: Reginaldo Tavares montando Gaita da Boa Esperança e Gilberto Soares montando Quentucha do Aipo
 
27º lugar: Miguel Flores montando MCS Mujeriego e Rafael Rigo montando Centenário do Encantto
 
28º lugar: Jerri Rense montando Desaforo II Dom Mendonça e Felipe Lopes montando Elevado Filhos do Vento
 
29º lugar: Luis Francisco Correa montando Forasteiro da Marca SD e Erni Oliveira montando Milonga da Patria Gaúcha
 
30º lugar: Júlio Miguel Poersch Fink montando Legendário do Encantto e Fabiano Vrielink montando Xucra Barbeiro
 
Crioulaço Força B
 
1º lugar: Maike Melo montando PPR Zoada e Marlon Rodrigues montando PPR Zarca
 
2º lugar: Flavio Keller montando Dezoito Maria Pinto e Cleo Keller montando Pangaré do Taquari
 
3º lugar: Felipe Gabriel montando SP Barbela e Luis Henrique Schianini montando Umbu do Tell
 
4º lugar: Alessandro Darski montando Entrevero da Carapuça e Adriano Darski montando Esmeralda do Cipreste
 
5º lugar: Daniel Pereira montando Marca Onze Renegada e Marlon Rodrigues montando Seresta da Brisa
 
6º lugar: Lucas Vargas montando PO Velasquez e Felipe Maroco montando Ditador da Don Ferrante
 
7º lugar: Paulo Arthur Medeiros montando Toreador do Reponte e Daniel Pereira montando De Presente Rio Largo
 
8º lugar: Claudio dos Santos montando Gota D’Água da Don Ramiro e Ramiro dos Santos montando Fisga da Dom Ramiro
 
9º lugar: Felipe Silva montando LRZ Jovita e Jonatas Vargas montando Ambiciosa da Destacada
 
10º lugar: Larri Antunes montando Herdeira da Don Candido e Antonio Savian Junior montando Morena da Querência Paraíso
 
11º lugar: Henrique Flores montando Ita Revoltosa e Cristiano Muller montando Iberê da Reconquista
 
12º lugar: Eduardo Ferraz montando Meia Volta Granizo e Henrique Oliveira montando Assanhada da Cabanha do Alojamento
 
13º lugar: Wagner de Carli montando PO Arbolito e Daniel da Cruz montando BSO Bandida
 
14º lugar: Gabriel Alves montando LRS Barbela e Luiz Carlos Gomes Silva montando LRS Atrevida
 
15º lugar: Murilo Barcelo montando Navidad Marrua e Luis Carlos Silva montando Lua Cheia Marruá
 
Crioulaço Força A
 
1º lugar: Giliard Tamara montando Tarimba do Guassupi e Jonatan Costa montando Recoluta do Guassupi
 
2º lugar: Gilson Santos montando Geada da Santa Hilda e Tiago Soares montando El Tropillero Estrela Guia
 
3º lugar: Alan Soares montando Dom Castro Minha Flor e Thaian Avila montando RCH Joia Rosa
 
4º lugar: Jacir Jovasque montando Relincho do Capão dos Anjos e Matheus Martins montando La Castellana Harmônico
 
5º lugar: Jacir Jovasque montando Jotape Uma Pelea e Saimon Cavalli montando Manotaço 10 da Lugra
 
O Crioulaço tem patrocínio da Vetnil e da Supra, além do apoio de Cabanha do Diamante, Cabanha Itaó, Estância Liberdade, Cabanha do Ouriço, Fazenda Barra do Guassupi, Haras Virgínia e Rancho Naipe da Ressaca