Balanço positivo da entidade Marchadores pela Vida em mais uma Nacional

Entidade filantrópica da raça Mangalarga Marchador bate recorde de arrecadação durante a 38ª Exposição Nacional
 
Prestes a completar cinco anos de trajetória, a Associação Marchadores Pela Vida – a entidade filantrópica da raça Mangalarga Marchador – fecha o balanço da 38ª Exposição Nacional do Mangalarga Marchador batendo recorde de arrecadação. “Neste ano, alcançamos a marca de 1 milhão e 658 mil reais de lucro líquido, um número que nos emociona e nos enche de força para continuar trilhando a marcha pela vida”, comemora a presidente, Andrea Menegat.
 
A marca histórica foi alcançada graças as diversas ações promovidas ao longo dos 12 dias de evento no Parque da Gameleira. “Realizamos o 5º Leilão Prime Marchadores Pela Vida, o 3º Bingo do Bem e ainda consolidamos grandes parcerias e doações”, explica o gestor da Associação, Eli Rocha, que vai além: “Nos preocupamos em promover ações para todos os públicos, e acho que esse foi o grande acerto da temporada”.
 
Além dos eventos, a Marchadores ainda contou com o – apelidado por eles – estande da vida, um espaço pensado para receber visitantes e divulgar a missão de destinar recursos à oito entidades espalhadas pelo Brasil que se dedicam a apoiar pacientes com câncer e pessoas que integram a linha da extrema pobreza. “Por lá, apresentamos nossos resultados, nossos vídeos institucionais e os beneficiados dessa rede solidária que já alcançou mais de 45 mil vidas”, conta Menegat.
 
Apesar das cifras destacáveis, a grande celebração de toda a equipe Marchadores foi outra, ou melhor, foram outras. “Ficamos extasiados com a aderência e reconhecimento dos criadores e visitantes, neste ano, sentimos que mais do que nunca a raça abraçou nossas crianças que lutam contra o câncer e nossas famílias que integram a linha da extrema pobreza”, conclui Menegat.
 
Associação Marchadores Pela Vida
Entidade filantrópica da raça Mangalarga Marchador que destina, mensalmente, recursos a oito instituições que apoiam pacientes com câncer e pessoas que integram a linha da extrema pobreza. Mais de 45 mil vida já foram alcançadas pela rede solidária.