Associação Marchadores Pela Vida amplia número de entidades assistidas

A Marchadores Pela Vida (MPV) inicia o ano de 2020 com ampliação do número de entidades assistidas. Ao longo deste ano, dez instituições, selecionadas através de edital e que se dedicam às causas do combate ao câncer e a extrema pobreza receberão auxílio, são elas:
 
1.    Associação dos Pais e Amigos dos Leucêmicos de Alagoas (APALA) – Alagoas
2.    Fundação Sara Albuquerque - Montes Claros (MG)
3.    Instituto Mineiro de Prevenção e Assistência ao Câncer (IMPAC) – Belo Horizonte (MG)
4.    Lar Amor e Esperança – Contagem (MG)
5.    Casa de Acolhida Padre Eustáquio (CAPE) – Belo Horizonte (MG)
6.    Fundação Terra dos Servos de Deus – Arcoverde (PE)
7.    Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil – Salvador (BA)
8.    Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer (TUCCA) – São Paulo (SP)
9.    Liga Feminina de Combate ao Câncer – Novo Hamburgo (RJ)
10.  Associação Helena Piccardi de Andrade Silva (AHPAS) - São Paulo (SP)
 
Em 2019, os recursos da Marchadores Pela Vida financiaram atividades de oito institutos. A presidente da MPV, Andrea Menegat destaca a importância do trabalho, “O crescimento da Marchadores se reflete, também, na nossa capacidade de salvar mais vidas, de atingir novas cidades e auxiliar quem realmente precisa.”. Ela ainda reforça a continuidade da parceria com a Santa Casa BH, “Além dos recursos para tais instituições, vamos manter o nosso investimento em tecnologia por meio da parceria com a Santa Casa de Belo Horizonte”, conclui.