Spruce Meadows TV apresenta documentário sobre o legado do garanhão Hickstead

Em novembro de 2011, o garanhão Hickstead, então com 15 anos e aparentemente em plena forma, faleceu tragicamente após um colapso cardíaco em um GP qualificativo da Copa Mundo, em Verona, na Itália. Hickstead, montando pelo canadense Eric Lamaze, foi medalha de ouro individual e prata por equipes nos Jogos Olímpicos 2008.

Hickstead na condução do canadense Eric Lamaze salta para o Ouro nos Jogos Olímpicos 2008; imagem: Nancy Jaffer

Nos Jogos Equestres Mundiais 2010, Eric e Hickstead conquistaram a medalha de bronze e, de quebra, Hickstead foi o melhor cavalo com quatro percursos zerados no rodízio final. Em abril de 2011, mesmo ano de sua morte, Eric Lamaze e Hickstead garantiram a prata na Final da Copa do Mundo em Leipzig, na Alemanha. Ao longo de sua carreira foram inúmeras suas vitórias em GPs e outros campeonatos.

Em Spruce Meadows 2012, mais famoso evento hípico do Canadá realizado em Calgary, Hickstead foi eternizado em uma escultura na presença de seu cavaleiro Eric Lamaze e milhares de fãs.

Eric Lamaze ao lado da estátua de Hickstead em Calgary, templo do hipismo no Canadá; Imagem: www.equinesculptor.com

E foi também a Spruce Meadows TV que em dezembro de 2012 lançou um documentário sobre a extraordinário legado de Hickstead e a afinidade muito além da esportiva com seu cavaleiro Eric Lamaze.

Assista ao trailer

Fonte: Brasil Hipismo