Regulamentação do uso da Equoterapia

Demonstracao Equo

Demonstração de Equoterapia no Potro do Futuro ABQM 2014

Foi aprovada a proposta do Senado que regulamenta a prática da Equoterapia como método de reabilitação da pessoa com deficiência. A questão foi aprovada na quinta-feira (02/07), em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados.

A Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Quarto de Milha (ABQM), que incentiva a Equoterapia através do projeto Equo ABQM, lançado em 2012, que também apoia a prática em seis centros, considera que é um ganho importante para esse tipo de tratamento e que a proposta deverá proporcionar uma expansão dos benefícios da terapia para um maior número de pessoas.

Pelo texto publicado, o uso da Equoterapia ficará condicionado a parecer favorável em avaliação médica, psicológica e fisioterápica. A prática deverá ser orientada por equipe multiprofissional, constituída de médico, médico veterinário e uma equipe mínima de atendimento.

Adriana Moura, coordenadora de Marketing da ABQM, explica: “Nos centros apoiados pela ABQM, contamos com psicólogo, fisioterapeuta e profissional de equitação. Dependendo do caso do paciente, contamos com pedagogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e professores de educação física. Todos são filiados à Associação Nacional de Equoterapia [ANDE].”

Premiacao Equo

Doação aos Centros de Equoterapia apoiados pela ABQM

Segurança - Em conformidade com a proposta, os centros oferecem condições que asseguram a integridade física do praticante, como instalações apropriadas, cavalos aptos para uso exclusivo em Equoterapia, além de equipamento de proteção individual e de montaria.

Projeto - No Brasil, o projeto Equo ABQM é uma referência no apoio nesse tipo de tratamento, seja por meio de parcerias com pessoas físicas, empresas ou instituições. A nova fase do programa prevê a ampliação do número de pessoas beneficiadas pela campanha ‘Adote um praticante’.

Para ampliar o incentivo aos centros, a campanha que funciona em paralelo ao Equo ABQM, angaria recursos financeiros para conservação e ampliação dos atendimentos no país. Pessoas físicas ou jurídicas podem apoiar através de adoções de praticantes. Quando um praticante é adotado, a ABQM insere mais um no tratamento.

fonte site www.abqm.com.br