Cavalo é flagrado dentro de córrego canalizado em Sorocaba (SP)

Animal chegou a ficar três horas no local, segundo testemunhas.
Equino foi resgatado pela Zoonoses com ajuda do Corpo de Bombeiro
 
Cavalo ficou preso em córrego de Sorocaba (Foto: Diego Padilha/TEM Você)
 
Moradores do bairro Além Ponte, em Sorocaba (SP), flagraram um cavalo dentro do córrego Lavapés nesta terça-feira (12). Segundo eles, o animal ficou pelo menos três horas preso no local, já que o córrego é canalizado e ele não conseguiria subir sozinho.
 
A moradora Pâmela Oliveira de Freitas conta que acionou a Divisão de Zoonoses para resgatar o cavalo. "O nosso medo era que chovesse. Quando chove, abrem a bacia do reservatório do zoológico. Aqui é descida, com a velocidade que desce a água, a gente sempre vê animais sendo levados", conta.
 
Ela diz ainda que o cavalo apresentava sinais de maus-tratos e tinha feridas pelo corpo. Ninguém soube dizer de onde o animal veio ou como ele foi parar no córrego. "Ele estava bastante agitado, e não vimos ninguém por perto que pudesse ser o dono", afirma o marido de Pâmela, Diego Padilha.
 
Pâmela diz que o córrego fica cerca de três metros abaixo do nível da rua. Quando a equipe da Zoonoses chegou, foi preciso descer de escada até o cavalo. Depois, o animal foi amarrado e conduzido pelos agentes córrego abaixo.
 
De acordo com a Zoonoses, foi necessário percorrer cerca de dois quilômetro até que fosse encontrado um local que oferecesse saída fácil para o equino. "Com a ajuda dos bombeiros, o animal foi içado manualmente de dentro do córrego, de uma altura de um metro, nas imediações do Campo do Espanha, na Vila Hortência", conta o chefe de Seção de Controle Animal, Pedro Luiz Machado. Segundo Machado, o animal foi levado para a Seção de Controle Animal, medicado e seu estado é aparentemente saudável, com pequenas escoriações na anca esquerda traseira.
O proprietário do equino ainda não foi identificado. Machado explica que caso o responsável pelo cavalo apareça, ele será notificado e terá de pagar multas e taxas de acordo com legislação vigente. O prazo para retirada do animal é cinco dias úteis na Seção de Controle Animal da Zoonoses, que fica na Rua Rosa Maria de Oliveira, 345, no Jardim Zulmira.